Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1364
Tipo do documento: Dissertação
Title: Proteção de tomateiro a Meloidogyne incognita pelo extrato aquoso de Tagetes patula
Other Titles: Protection of tomato plants by Meloidogyne incognita by water extract of Tagetes patula
Autor: Franzener, Gilmar 
Primeiro orientador: Stangarlin, José Renato
Primeiro membro da banca: Schwan-Estrada, Kátia Regina Freitas
Segundo membro da banca: Furlanetto, Cleber
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito protetor do extrato aquoso (EA) de Tagetes patula em tomateiro a Meloidogyne incognita. EA de flores, folhas e raízes foram obtidos por infusão na proporção de 50 g de material vegetal desidratado em 1000 mL de água destilada. O EA foi testado in vitro sobre ovos e juvenis de segundo estádio (J2) de M. incognita sem diluição e diluído 1:1, 1:2, 1:3 e 1:4 (extrato:água, v/v) e em plantas inoculadas de tomateiro cv. Kadá cultivadas em vasos, sem diluição e diluído 1:1. In vivo os EAs foram aplicados somente na parte aérea, no solo ou em ambos, semanalmente até oito semanas, somente no transplante (uma semana antes da inoculação), somente na inoculação e uma semana após a inoculação. Os EAs de flores, folhas e raízes inibiram a eclosão e a motilidade, e causaram mortalidade de J2 in vitro. Maior efeito nematicida foi obtido com extrato de raíz que promoveu a mortalidade de até 68% dos J2. Em plantas de tomateiro não foram obtidos resultados expressivos com apenas uma aplicação de EA, independente da época e forma de aplicação, tanto no desenvolvimento de plantas como na formação de galhas e reprodução de M. incognita. Aplicações semanais promoveram efeito positivo no desenvolvimento das plantas e negativo na formação de galhas e na população do nematóide. Melhores resultados foram obtidos pelo EA de flor, seguido de folhas e menores ou nenhum com EA de raiz. EA de flor sem diluição inibiu em até 62,2% a formação de galhas e 61,5 e 52,8% o número de J2 no solo e de ovos nas raízes, respectivamente. Aplicações no solo e na parte aérea apresentaram resultados semelhantes. Estes resultados indicam o potencial do EA de T. patula, sobretudo de flores, em proteger tomateiro a M. incognita, e que, possivelmente, além de efeito nematicida e/ou nematostático, envolve o aumento da resistência das plantas ao nematóide.
Abstract: The aim of this work was evaluate the potential of the aqueous extract (EA) of Tagetes patula against Meloidogyne incognita in tomato plants. EA of flowers, leaves and roots were obtained by infusion in the proportion of 50 g of vegetable dehydrated material in 1000 mL of distilled water. EA was tested in vitro on eggs and second-stage juveniles (J2) of M. incognita without dilution and diluted 1:1, 1:2, 1:3 and 1:4 (extract:water, v/v) and in plants of tomato cv. "Kadá" cultivated in pots, without dilution and diluted 1:1. For in vivo assays, EA were sprayed in the leaves, soil or both, and weekly for eight weeks, just in the transplanting (one week before inoculation with pathogen), and together or one week after inoculation. EA of flowers, leaves and roots inhibited the hatching, the mobility, and caused mortality of J2 in vitro. Greater effect nematicide was obtained with roots extract that promoted the mortality of up to 68% of J2. In tomato plants were not obtained satisfactory results with just an application of EA, independent of the time and application forms, so much in the development of plants as in the galling and M. incognita reproduction. Weekly applications promoted increase in the plants development and inhibited the galling and the nematode population. Greater results were obtained by flower EA, following by leaves and smaller or non results with root EA. EA of flower without dilution inhibited in up to 62.2% the galling and 61.5 and 52.8% the number of J2 in the soil and eggs in the roots, respectively. Applications in the soil and in the aerial part presented similar results. These results indicate the potential of T. patula EA, maily of flowers, in tomato plants protection to M. incognita, and that, possibly, besides of nematicide or nematostatic effect, involves the enhances resistance of the plants to nematode
Keywords: Lycopersicon esculentum
Nematóide de galhas
Resistência induzida
Cravo-de-defunto
Lycopersicon esculentum
Root-knot nematodes
Induced resistance
Marigold
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: FRANZENER, Gilmar. Proteção de tomateiro a Meloidogyne incognita pelo extrato aquoso de Tagetes patula. 2005. 58 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1364
Issue Date: 3-Oct-2005
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gilmar_Franzener_2005508.85 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.