Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1315
Tipo do documento: Dissertação
Title: Ciclo biológico de biótipos de Digitaria insularis suscetível e resistente ao glyphosate em dois períodos de crescimento.
Other Titles: Biotypes biological cycle of sourgrass susceptible and resistant to glyphosate in two periods of growth
Autor: Ferreira, Silvio Douglas 
Primeiro orientador: Costa, Neumárcio Vilanova da
Primeiro membro da banca: Zucareli, Valdir
Segundo membro da banca: Macedo Júnior, Eurides Küster
Resumo: Objetivou-se avaliar o ciclo biológico de biótipos de Digitaria insularis suscetível e resistente ao glyphosate. As sementes dos biótipos de D. insularis, foram coletadas em populações provenientes de áreas agrícolas geograficamente distantes, pertencentes a produtores do Brejo Paraibano sem histórico de uso de herbicidas, logo, suspostamente suscetível, e da região oeste do Paraná, com histórico de resistência. Para realizar as avaliações das curvas de crescimento dos dois experimentos foram utilizadas as mesmas metodologias. O delineamento experimental foi em blocos casualizado com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos por épocas de coletas das plantas, realizadas em intervalos regulares de: 14; 21; 28; 35; 42; 49; 56; 63; 70; 77; 84; 91; 98; 105; 112 e 119 dias após a emergência (DAE), correspondendo a períodos de 16 coletas em cada período. Os biótipos foram caracterizados da seguinte maneira: biótipo AG foi considerado suscetível, enquanto que, os biótipos CVEL, ERO e GR foram considerados resistentes e apresentaram FR50 de 2,7; 3,4 e 7,7 respectivamente. No período o verão/outono (Temperatura média de 24,6°C), o biótipo S iniciou a emissão de perfilhos e o florescimento em média 14 e 21 DAE, respectivamente, antes que os biótipos resistentes. Entretanto, no período outono/inverno (Temperatura média de 19°C) apenas o biótipo R1 conseguiu se desenvolver e finalizar o ciclo biológico. No período verão/outono, o biótipo S apresentou maior Taxa de crescimento absoluto (TCA) aos 84 DAE, sendo 82,3% superior aos biótipos resistentes. A maior Razão da área foliar (RAF) foi obtida pelo biótipo R3 aos 77 DAE, porém, não foi possível verificar diferenças na Taxa de crescimento relativo (TCR) entre os biótipos. Os biótipos avaliados apresentaram diferenças durante o desenvolvimento principalmente entre as fases fenológicas, de modo que, o biótipo suscetível foi o mais precoce e com elevado potencial reprodutivo
Abstract: This study aimed to evaluate the biological cycle of susceptible biotypes of Digitaria insularis and resistant to glyphosate. The seeds of the biotypes of D. insularis were collected in populations from geographically distant agricultural areas belonging to producers Brejo Paraibano no history of using herbicides, so susceptible's supposed to, and west of Paraná, with a history of resistance. To carry out the evaluations of the growth curves of both experiments the same methodologies were used. The experimental design was a randomized block with four replications. The treatments consisted of plant collections seasons, carried out at regular intervals: 14; 21; 28; 35; 42; 49; 56; 63; 70; 77; 84; 91; 98; 105; 112 and 119 days after emergence (DAE), corresponding to periods of 16 samplings in each period. Biotypes were characterized as follows: AG biotype was considered susceptible, while the CVEL biotypes, ERO and GR were considered resistant and showed FR50 2,7; 3,4 and 7,7 respectively. Between the summer / fall (average temperature of 24,6 °C), the S biotype began issuing tillers and flowering an average of 14 and 21 DAE, respectively, before the resistant biotypes. However, in autumn / Winter (average temperature 19 °C) only biotype R1 was able to develop and finalize the biological cycle. In the summer / autumn period, the S biotype showed the highest absolute growth rate (TCA) at 84 DAE, being 82,3% higher than the resistant biotypes. The higher ratio of leaf area (RAF) was obtained by biotype R3 at 77 DAE, however, could not be verified differences in the relative growth rate (RGR) between biotypes. Biotypes evaluated showed differences during development especially among the phenological phases, so that the susceptible biotype was the earliest and with high reproductive potential
Keywords: Capim-amargoso
Análise de crescimento
Taxa de crescimento
Grass bitter
Growth analysis
Growth rate
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: FERREIRA, Silvio Douglas. Ciclo biológico de biótipos de Digitaria insularis suscetível e resistente ao glyphosate em dois períodos de crescimento. 2016. 80 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1315
Issue Date: 29-Feb-2016
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silvio_Ferreira_20161.34 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.