Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1295
Tipo do documento: Dissertação
Title: Antagonismo a Colletotrichum lindemuthianum e ativação de mecanismos de defesa em feijoeiro-comum desencadeados por Trichoderma spp
Other Titles: Antagonism Colletotrichum lindemuthianum and ativation of defense machanisms in common beans triggered by Trichoderma spp
Autor: Stefanello, Vanessa Felix Vaz 
Primeiro orientador: Kuhn, Odair José
Primeiro membro da banca: Bonett, Lucimar Pereira
Segundo membro da banca: Stangarlin, José Renato
Resumo: O objetivo do trabalho foi avaliar a ação do Trichoderma spp. e seus filtrados como agente de biocontrole da antracnose e indutor de resistência em feijoeiro. Conduziram-se dois experimentos in vitro, onde foi realizado teste de germinação de conídios de Colletotrichum lindemuthianum após tratamento com filtrados de Trichoderma spp., e o teste de confronto direto de culturas de 21 isolados de Trichoderma spp. frente a esse patógeno também conduziu-se dois experimentos in vivo: no primeiro se impôs os tratamentos a base de Trichoderma no feijoeiro inoculado via semente; já no segundo experimento a aplicação dos tratamentos se deu por meio de pulverização foliar de filtrados de Trichoderma spp. Para os experimentos in vivo realizaram-se coletas de folhas para análises bioquímicas, no qual houve duas coletas para o experimento cujos tratamentos foram via semente (aos 15 dias após a emergência foliar e três dias após a inoculação do patógeno). Já para o experimento aos quais os tratamentos foram via pulverização foliar de filtrados de Trichoderma, realizaram-se três coletas, (a primeira sem a aplicação do tratamento, a segunda realizada três dias após a pulverização dos filtrados e a terceira coleta realizada três dias após a inoculação do patógeno). Determinou-se a atividade de polifenoloxidase (PFO), peroxidase (POX) e fenilalanina amônia-liase (FAL), e foram avaliados os teores de proteínas totais, fenóis totais, lignina e a severidade da antracnose após os tratamentos a base de Trichoderma para ambos os experimentos. Para o teste de germinação de conídios de C. lindemuthianum, os filtrados dos isolados TM1, TI1 e TOD1 reduziram a germinação em, 33%, 38% e 61% respectivamente. No confronto direto percebeu-se que os isolados inibiram o crescimento do patógeno. Para a atividade de PFO em tratamentos via semente, os isolados TLB12, TOD1 e TOD2B causaram aumento da mesma após o desafio com o patógeno, enquanto que no tratamento via pulverização foliar de filtrados de Trichoderma não foi observada diferença significativa. A atividade de POX em feijoeiro tratado na semeadura, para o tempo 1 não observou-se diferença entre os tratamentos, já no tempo 2 alguns isolados tenderam a suprimir a atividade enzimática, enquanto que para as plantas tratadas via pulverização foliar nota-se tendência de supressão enzimática da POX no tempo 2 ocasionada por alguns filtrados em relação ao controle positivo. A atividade enzimática de FAL e os teores de proteínas solúveis totais tanto na aplicação dos tratamentos via semente quanto via pulverização foliar em feijoeiro não acarretou em diferença significativa. Para os teores de fenóis totais e de lignina os tratamentos a base de Trichoderma via semeadura e via pulverização foliar não promoveram incremento dos mesmos em feijoeiro. Já a severidade em feijoeiro tratado apresentou-se no geral baixa, tornando estes dados imprecisos
Abstract: The objective of the work was to evaluate the action of Trichoderma spp. and its filtered as biocontrol agent of anthracnose and resistance inducer in beans. Were conducted two experiments in vitro, where were made a germination test of Colletotrichum lindemuthianum conidium after the treatment with Trichoderma spp. filtered, and the direct confrontation test of 21 cultures isolated from Trichoderma spp. agains this pathogen were also conducted two experiments in vivo: on the first imposed treatments in base of Trichoderma in the beans inoculated via seed; on the second experiment the treatments aplication were made through foliar spray of filtered medium of Trichoderma spp. For the experiments in vivo were realized sheets collects for biochemical analysis, in which there were two collects for the experimente that were treated via seed (15 days after the foliar emergency and three days after the pathogen inoculation). Whereas for the experiment which the treatments were via foliar spray of filtered medium of Trichoderma, were realized three collectings, (the first without the treatment aplication, the second three days after the filtered pulverization and the third collect realized three days after the pathogen inoculation). Were determined the polyphenoloxidase activity (PFO), peroxidase (POX) and phenylalanine ammonia lyase (FAL), and were evaluated the total protein content, total phenols, lignin and the severity of anthracnose after treatments in base of Trichoderma for both experiments. For the germination test of C. lindemuthianum, conidium the filtered from the isolated TM1, TI1 and TOD1 reduced the germination in, 33%, 38% and 61% respectivily. In direct confrontation were realized that the isolated inhibited pathogen growth. For the PFO activity in via seed treatment, the isolated TLB12, TOD1 and TOD2B caused an increase thereof after challenge with the pathogen, while the treatment via foliar spray of Trichoderma filtered were not observed significant difference. The POX activity in beans treated at sowing, for the time 1 weren‟t observed difference between the treatments, whereas in the time 2 some isolated tended to suppress the enzymatic activity, while for plants treated via foliar pulverization notes the tendency to enzymatic suppression of POX in time 2 caused by some filtered in relation to the positive control. The FAL enzymatic activity and the total soluble protein contents both in the aplication of the treatments via seed and via foliar pulverization in beans didn‟t result in significant difference. For the total phenol contents and lignin the treatments in base of Trichoderma via sowing and via foliar pulverization didn‟t promote an icrease of the same in beans. The severity in treated beans presented in general low, making these inaccurate data
Keywords: Indução de resistência
Controle alternativo
Controle biológico
Filtrados
Resistance induction, alternative control, biologic control, filtered
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: STEFANELLO, Vanessa Felix Vaz. Antagonismo a Colletotrichum lindemuthianum e ativação de mecanismos de defesa em feijoeiro-comum desencadeados por Trichoderma spp. 2015. 84 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1295
Issue Date: 24-Aug-2015
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vanessa_Stefanello_20151.53 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.