Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1255
Tipo do documento: Dissertação
Title: Bactérias promotoras de crescimento de plantas na cultura do milho submetido a diferentes níveis de pH do solo
Other Titles: Interaction between plant growth promoting bacteria and soil pH in maize
Autor: Inagaki, Adriano Mitio 
Primeiro orientador: Guimarães, Vandeir Francisco
Primeiro coorientador: Lana, Maria do Carmo
Segundo coorientador: Klein, Jeferson
Primeiro membro da banca: Costa, Andréia Cristina Peres Rodrigues da
Segundo membro da banca: Macedo Júnior, Eurides Küster
Resumo: O objetivo do trabalho foi verificar a população de bactérias diazotróficas nas raízes de plantas de milho, bem como no solo de cultivo destas plantas, além de avaliar o desenvolvimento inicial das plantas em função da inoculação de sementes com Azospirillum brasilense e Herbaspirillum seropedicae e níveis de pH ácido do solo, sem adição fertilizante nitrogenado. Foi realizado experimento em casa de vegetação, em vasos de 13 dm3 de solo, com o híbrido de milho 30F53H. Para a avaliação do desenvolvimento inicial das plantas utilizou-se delineamento de blocos ao acaso em esquema fatorial 3x4, sendo um fator os níveis de acidez do solo [pH (CaCl2) de 4,5; 5,0 e 5,5] e outro a inoculação das sementes: sem inoculação; A. brasilense (Ab-V5), H. seropedicae (SmR1) e associação das estirpes Ab-V5+SmR1. Para a mensuração da população de bactérias diazotróficas expressa em unidades formadoras de colônias (UFC), o delineamento utilizando foi de blocos casualizados em esquema fatorial 12 x 2 x 2 e quatro blocos, totalizando 48 parcelas experimentais. O primeiro fator foi formado por doze combinações utilizando inoculações com A. brasilense e H. seropedicae e diferentes níveis de pH do solo; O segundo fator, a época de coleta de amostras, aos 15 e 41 dias após a semeadura (DAS). E o terceiro fator, os meios de cultura, NFb Lactato e Malato utilizado o crescimento das bactérias e a contagem das UFC. A inoculação foi realizada via sementes, 12 horas antes da semeadura, com volume de 4 mL na concentração de 107 UFC mL-1 para mil sementes. As avaliações foram realizadas aos 15 e 41 DAS, e utilizou-se o método do número mais provável (NMP) para a estimativa da população bacteriana, além da avaliação de altura de plantas, massa seca de raiz, colmo, folha e total, área foliar, diâmetro de colmo, índice de SPAD, teor foliar de N, P, e K, e medidas de trocas gasosas A, gs, E e EUA. A acidez do solo influenciou negativamente a altura das plantas, matéria seca de raiz, diâmetro de colmo, índice SPAD, teor de P foliar, taxa de assimilação líquida de CO2, condutância estomática, transpiração e eficiência no uso da água. Plantas de milho cultivadas em solo com pH 4,5 apresentaram maior teor de P foliar independente da inoculação, indicando provável solubilização de fósforo. A inoculação das bactérias promotoras de crescimento de plantas (BPCPs) no milho (30F53H) promoveu maior o acúmulo de N foliar, independente do pH do solo, incremento em área foliar, índice SPAD e diâmetro de colmo, e não influenciaram no acúmulo de matéria seca das plantas. A população de bactérias encontradas no solo e nas raízes de milho, independente da inoculação das sementes e níveis de pH do solo, apresentaram valores elevados. A inoculação das estirpes de A. brasilense e H. seropedicae não apresentaram preferência de colonização no solo ou nas raízes de plantas de milho. Coletas realizadas aos 41 DAS resultaram em maior população de bactérias diazotróficas quando compara à coleta realizada aos 15 DAS. Os diferentes níveis de pH do solo e as BPCPs isoladas ou em associação, não influenciaram na população de colônias de bactérias detectadas nos meios NFb Lactato e Malato utilizados. As BPCPs se mostraram promissoras quando comparadas ao tratamento controle e submetidas em condições de estresse de acidez do solo e deficiência de nitrogênio, indicando possível fixação biológica de nitrogênio e solubilização de fósforo. Apesar do número de UFC de bactérias apresentarem-se elevados nas raízes e solo, as medidas momentâneas de trocas gasosas registradas, não demonstraram diferenças entre os tratamentos, tanto para inoculação de sementes quanto ao pH do solo
Abstract: The aim of this study was to determine the population of diazotrophic bacteria in the roots of corn plants, and soil cultivation of these plants, as well as evaluating the initial development as a function of seed inoculation with Azospirillum brasilense and Herbaspirillum seropedicae and levels of acidic pH of the soil, no added nitrogen fertilizer. Experiment was conducted in a greenhouse in pots of 13 dm3 of soil, with the hybrid corn 30F53H. For the evaluation of the initial development we used a randomized block design in a 3x4 factorial design, with one factor levels of soil acidity [pH (CaCl2) of 4,5; 5,0 and 5,5] and another the seed inoculation : no inoculation; A. brasilense (Ab-V5), H. seropedicae (SmR1) and the association of strains Ab-V5+SmR1. To measure the population of diazotrophs expressed in colony forming units (CFU), using the design was randomized blocks in a factorial 12 x 2 x 2 and four blocks, totaling 48 experimental plots. The first factor was composed of twelve combinations using inoculation with A. brasilense and H. seropedicae and different levels of soil pH; The second factor, the time of sampling at 15 and 41 days after sowing (DAS). And the third factor, the culture media, and NFb Lactate and Malate used the growth of bacteria and enumeration of CFU. Inoculation was performed via seed 12 hours before sowing, with a volume of 4 mL concentration of 107 CFU mL-1 for a thousand seeds. The evaluations were done at 15 and 41 DAS, and used the method of the most probable number (MPN) for the estimation of bacterial population, in addition to evaluation of plant height, dry weight of root, stem, leaf and total area leaf, stem diameter, SPAD index, foliar N, P, and K, and measurements of gas exchange A, gs , E and EUA. Soil acidity negatively influenced plant height, root dry matter, stem diameter, SPAD index, leaf P concentration, rate of net CO2 assimilation, stomatal conductance, transpiration and water use efficiency. Maize plants grown in soil with pH 4,5 had higher leaf P content regardless of inoculation, indicating probable solubilization of phosphorus. Inoculation of growth promoting bacteria from plants (GPBPs) in maize (30F53H), showed higher accumulation of leaf N, regardless of soil pH, increase in leaf area, SPAD index and stem diameter, and did not influence the accumulation of matter dried plants. The population of bacteria found in soil and roots of maize, regardless of seed inoculation and soil pH levels, showed elevated levels. The inoculation with strains of A. brasilense and H. seropedicae showed no preference for colonization in the soil or in the roots of corn plants. Samples taken at 41 DAS resulted in greater population of diazotrophs when comparing the collection held at 15 DAS. The different levels of soil pH and isolated or in combination, GPBPs did not influence the population of colonies of bacteria detected in the media NFB Lactate and Malate used. The BPCPs proved promising when compared to the control treatment and subjected to stress conditions of soil acidity and nitrogen deficiency, indicating possible biological nitrogen fixation and solubilization of phosphorus. Although the number of CFU of bacteria present is higher in roots and soil, momentary gas exchange measurements recorded, showed no difference between treatments for both inoculation of seeds on the soil pH
Keywords: Herbaspirillum seropedicae
Azospirillum brasilense
trocas gasosas
diazotróficos
acidez do solo
Zea mays L.
Herbaspirillum seropedicae
Azospirillum brasilense
gas-exchange
diazotrophics
soil acidity
Zea mays L.
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Produção Vegetal
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Nível Mestrado
Citation: INAGAKI, Adriano Mitio. Interaction between plant growth promoting bacteria and soil pH in maize. 2014. 62 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Marechal Cândido Rondon, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1255
Issue Date: 28-Feb-2014
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
2014_Diss_Adriano_Mitio_Inagaki.pdf1.54 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.