Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1193
Tipo do documento: Dissertação
Title: Territorialidades da modernização da agricultura em Vicente Dutra - RS entre os anos de 1966 e 1980
Other Titles: Territoriality of modern agricultural technology in Vicente Dutra - RS between the years 1966 and 1980
Autor: Spier, Gilberto 
Primeiro orientador: Schlosser, Marli Terezinha Szumilo
Primeiro membro da banca: Carvalhal, Marcelo Dornelis
Segundo membro da banca: Haracenko, Adélia Aparecida de Souza
Resumo: A agricultura brasileira tem passado, nas últimas décadas, por profundas transformações conduzidas por um processo de modernização, idealizado no sentido de integrar, sistematicamente, as atividades agrícolas e a indústria, através de modernas tecnologias. O principal argumento para a implantação da modernização agrícola era minorar a fome no planeta. Assim, milhares de camponeses brasileiros foram afetados por tais transformações, muitos mudaram de rumo e foram assimilados, outros foram desterritorializados do campo, enquanto outros resistem ao processo de modernização da agricultura. As principais mudanças verificadas foram: a energia física foi sendo substituída pela energia mecânica, onde entraram os equipamentos motorizados; na área da genética, as sementes e raças híbridas substituíram as comuns ou crioulas e, na química, o uso intensivo de adubos sintéticos e venenos alterou a relação do agricultor com o ambiente. Em Vicente Dutra-RS, pequeno município, situado na região noroeste do Rio Grande do Sul, foi na década de 1960 que teve início a modernização agrícola. Dentre as principais consequências dá para destacar a desterritorialização rural, pela qual centenas de famílias foram desterritorializadas da atividade camponesa, a maioria se deslocou para as cidades em busca de lugar para viver e trabalhar, o que faz diminuir a população local em números absolutos. Apesar de muitas transformações, muitos camponeses continuam desenvolvendo uma agricultura de resistência ao processo de modernização agrícola e mantêm importantes laços com o que se pode chamar de agricultura camponesa. As mudanças foram significativas no campo, como: alteração nas tradições alimentares; a solidariedade que cedeu lugar ao individualismo; os solos degradaram-se, aumentando o custo de produção; os riachos e rios foram assoreados e envenenados, e as lavouras comerciais passaram a dominar a paisagem. A territorialidade rural de Vicente Dutra-RS passou a apresentar, na sua maior parte, a feição da modernização agrícola. Mesmo assim, é possível identificar algumas formas de reação ao pensamento único da modernização da agricultura, como: cultivos tradicionais de subsistência; associativismo e iniciativas de transformação da produção para venda direta ao consumidor final. Desta forma, a modernização agrícola instalada em Vicente Dutra-RS é parcial e o campesinato mantém, mesmo com certas dificuldades, seus costumes e usos tradicionais.
Abstract: Brazilian agriculture has been going, in the last decades, through deep transformations conducted by a process of modernization, idealized aiming at integrating, systematically, industry and agricultural activities, through modern technologies. The main argument to implement modern technology was to reduce the famine in the planet. Therefore, thousands of Brazilian peasants were affected by such transformations. Some of them changed their way and were assimilated; others, were sent away from the rural area, while others still resist to the agricultural modernization process. The main verified changes were: the physical energy was being substituted by mechanic energy, where motorized equipment were present; in the genetic field, the seeds and hybrid races substituted the common or creole ones and, in chemistry, the intensive use of synthetic fertilizers and poisons altered the relation between the farmer and the environment. In Vicente Dutra- RS, small municipality, situated at northwest region of Rio Grande do Sul State, started having agricultural modernization around 1960. Among the main consequences it could be highlighted the rural deterritorialization, where hundreds of families were deterritorialized from the field activity, the great majority moving to cities searching for a place to live and work, decreasing, consequently, the local community in absolute number. Although many transformations occurred, many peasants continue to develop an agriculture of resistance to the agricultural modern process and they keep important links to field agriculture. In the field can be noticed significant changes, such as: alterations to traditional alimentation; solidarity gave room to individuality; soil was degraded, increasing the cost of production; streams and rivers were poisoned, and the commercial land dominated the landscape. The rural territory of Vicente Dutra-RS shows, in its great part, the faces of agricultural modernization. Even though, it is possible to identify some forms of reaction to the thought of agricultural modernization, such as: the growing of traditional subsistence; cooperativism, and initiatives of transformation of production to direct sale to the final consumer. Therefore, the agricultural modernization installed in Vicente Dutra-RS is partial, and the peasants keep, even with certain difficulty, their traditional uses and customs.
Keywords: Modernização da agricultura
Campesinato
Territorialidades
Agriculture modernization
Rural manhood
Territoriality
Agricultura - Territorialidade
Agricultura - Modernização
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Produção do Espaço e Meio Ambiente
Program: Programa de Pós-Graduação em Geografia
Citation: SPIER, Gilberto. Territoriality of modern agricultural technology in Vicente Dutra - RS between the years 1966 and 1980. 2010. 212 f. Dissertação (Mestrado em Produção do Espaço e Meio Ambiente) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Francisco Beltrão, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1193
Issue Date: 7-Oct-2010
Appears in Collections:Mestrado em Geografia (FBE)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gilberto Spier.pdf3.44 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.