Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1150
Tipo do documento: Dissertação
Title: Evolução da rede de drenagem na superfície de Palmas/Água Doce durante o quaternário tardio: o caso dos Córregos do Salto e Vigia
Other Titles: Evolution of drainage network on the surface of Palmas/Agua Doce during the late quaternary: the case of Salto and Vigia Streams
Autor: Ribeiro, Fabiano de Jesus 
Primeiro orientador: Paisani, Julio Cesar
Primeiro membro da banca: Pontelli, Marga Eliz
Segundo membro da banca: Fujita, Rafaela Harumi
Terceiro membro da banca: Camargo Filho, Mauricio
Resumo: A presente dissertação estuda a evolução da rede de drenagem da superfície de Palmas/Água Doce durante o Quaternário Tardio, buscando entender os mecanismos que culminaram no abandono de paleocanais e paleocabeceira de drenagem observados na área. Para isso, procedeu-se: a) caracterização dos materiais por meio da descrição de três seções estratigráficas, HS10, HS13 e HS 20 e estabelecimento de seus respectivos transectos; b) mapeamento geomorfológico em escala de detalhe; e c) caracterização da rede de canais locais e das bacias hidrográficas referentes aos principais cursos fluviais, Córrego do Salto e Córrego do Vigia. As seções HS10 e HS20 correspondem a paleocanais de 2a ordem, enquanto a HS13 a uma paleocabeceira de drenagem. O registro estratigráfico e a respectiva cronologia indicam que os fundos dos vales na área estudada se mantiveram ativos ao longo do Pleistoceno Superior, principalmente entre o Último Interestadial e o Último Máximo Glacial, no entanto, na transição do Pleistoceno para o Holoceno, tanto os fundos de vales de baixa ordem (<4ª ordem) quanto as cabeceiras de drenagem, passaram a atuar como áreas de destino dos sedimentos das encostas, culminando na colmatação dos fundos de vales e das cabeceiras de drenagem. O mapeamento geomorfológico de detalhe mostra que área mapeada se encontra dividida em quatros compartimentos geomorfológico: Superfície 1, Superfície 2, Setor dissecado de Superfície 2 e Superfície 2 com Dissecação em Pedimentos. Destes a Superfície 2 assume destaque por conter paleocanais e paleocabeceira de drenagem abandonados. A caracterização da rede de canais locais e das bacias hidrográficas foi realizada principalmente por meio da análise de padrões de drenagem, de perfis longitudinais e do Fator de Assimetria de Bacia (FAB). Os resultados indicaram a atuação do controle estrutural influenciando na dinâmica dos canais de drenagem. A integração dos resultados mostra que eventos de ordem tectônicas atuaram na superfície de Palmas/Água Doce até 42 000 anos AP causando ascensão de blocos, e consequente expansão da rede de canais de drenagem, o que promoveu a ação de processos erosivos. A partir dessa idade a rede de canais de drenagem passa para o estado de equilíbrio dinâmico, cujos registros estratigráficos indicam mudanças de ordem paleohidrológicas associadas ao Último Máximo Glacia (UGM). Essa fase é marcada por período mais seco com chuvas concentradas promovendo erosões significativas. Na passagem do UMG para o Holoceno ocorre geração de coluvio responsável pela colmatação de canais e de cabeceira de drenagem. Para que a colmatação fosse possível, os canais perenes se tornaram, sobretudo, efêmeros. Fato, este, associado ao rebaixamento do lençol freático durante a transição UMG para o Holoceno.
Abstract: This dissertation studies the evolution of the drainage network of the surface of Palmas/Agua Doce during the Late Quaternary, seeking to understand the mechanisms that led to the abandonment of and palaeochannels and palaeo valley head observed in the area. For this, we proceeded to: a) a characterization of materials through the description of three stratigraphic sections, HS10, HS13 and HS 20 and the establishing of their respective transects; b) geomorphological mapping in detail scale; and c) characterization of the network of local channels and river basins related to the main waterways, Stream Do Salto and Stream Vigia. The sections HS10 and HS20 correspond to palaeochannels of 2nd order, whereas HS13 to a palaeo valley head. The stratigraphic record and its chronology indicate that the bottoms of the valleys in the study area remained active throughout the Upper Pleistocene, especially among the last interstadial and the Last Glacial Maximum, however, in the transition from the Pleistocene to the Holocene, both bottoms of low-order valleys (<4th order) as the valley head, began to act as target areas of sediment from the slopes, resulting in clogging of the valley bottoms and valley heads. The detail geomorphological mapping shows that the mapped area is divided into four geomorphological compartments: Surface 1, Surface 2, desiccated Sector Surface 2 and Surface 2 with dissection in pediments. Of these the surface 2 assumes prominence to contain abandoned paleochannels and valley heads. The characterization of the network of local channels and river basins was carried out mainly through the analysis of drainage patterns, longitudinal profiles and Basin Asymmetry Factor (FAB). The results indicated the role of the structural control influencing the dynamics of drainage channels. The integration of the results shows that events of tectonic order acted on the surface of Palmas / Agua Doce until 42,000 years AP causing blocks to rise, and the consequent expansion of the network of drainage channels, which promoted the action of erosion. From that age the network of drainage channels passes to the state of dynamic equilibrium, whose stratigraphic records indicate changes of paleohidrológicas order associated with the Last Maximum Glacia (UGM). This phase is marked by the dry season with concentrated rainfall promoting significant erosions. In the passage of the LGM to the Holocene occurs generation of colluvium responsible for clogging of canals and valley heads. To making the clogging possible, perennial channels became especially ephemeral. This fact was associated to the lowering of the water table during the LGM transition to the Holocene.
Keywords: Paleocanal
Paleocabeceira de drenagem
Índices morfométricos
Mapeamento geomorfológico
Paleochannel
Paleo valley heads
Morphometric indices
Geomorphological mapping
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centros de Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Geografia
Campun: Francisco Beltrão
Citation: RIBEIRO, Fabiano de Jesus. Evolução da rede de drenagem na superfície de Palmas/Água Doce durante o quaternário tardio: o caso dos Córregos do Salto e Vigia. 2016. 98 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Francisco Beltrão, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1150
Issue Date: 10-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado em Geografia (FBE)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fabiano de Ribeiro.pdf4.69 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.